Ad hoc


A EDUFRO avalia a qualidade e pertinência de originais de obras para publicação embasada em seu regimento e por meio de um processo editorial que conta com a colaboração de consultores ad hoc. O Editor é responsável pela coordenação deste trabalho e os consultores/avaliadores colaboram com a EDUFRO oferecendo seu trabalho e expertise de maneira voluntária, como forma de contribuírem para desenvolvimento acadêmico, científico, tecnológico, histórico, artístico e cultural do estado de Rondônia.

Os consultores ad hoc convidados, escolhidos ou admitidos pela EDUFRO para essa finalidade são geralmente especialistas, pesquisadores ou professores universitários, com reconhecida competência e publicações recentes e relevantes em sua área de atuação e que declaram não haver conflitos de interesse que interfiram na avaliação de cada original da obra.

A função de consultor ad hoc não conflita com a de membro do conselho editorial ou a de autor porque serão impedidas as avaliações em que possa haver algum interesse particular.

A EDUFRO envia ao consultor ad hoc um questionário (em formulário eletrônico) com os principais pontos a serem analisados de forma objetiva e com alguns campos discursivos para o avaliador utilizar como precisar.

A avaliação de original de obra para publicação é executada por no mínimo dois consultores. Quando há divergência no resultado da avaliação, o processo é encaminhado para mais um consultor, para a avaliação de desempate.

O consultor deve submeter o parecer no máximo de 30 dias após o recebimento do processo. Caso haja atrasos, a EDUFRO pode substituir o parecerista para não prejudicar o andamento dos trabalhos. Quando isso ocorre, a EDUFRO se reserva no direito de não emitir a declaração de consultor ad hoc para o avaliador.

O Conselho Editorial da EDUFRO se respalda prioritariamente nas avaliações dos consultores ad hoc para tomar a decisão de publicar ou de classificar uma determinada obra para publicação. Eventualmente o Conselho Editorial pode deliberar de forma diferente dos pareceristas, porque o processo de avaliação editorial ainda implica na análise de prioridades para o fortalecimento dos programas e projetos institucionais da UNIR, na disponibilidade de recursos e na demanda institucional de publicações.

A EDUFRO não divulga os nomes dos consultores relacionados à obra avaliada, preservando-os em sigilo absoluto, nem divulga por meio algum os nomes dos consultores.

O consultor ad hoc toma conhecimento de seu aceite pelo recebimento de um e-mail do editor da EDUFRO.

A EDUFRO confere um documento que declara que o avaliador colaborou com a Editora na qualidade de consultor ad hoc para a avaliação de determinada obra. Os pareceristas interessados em obter as declarações devem solicitá-las à EDUFRO, pelo e-mail edufro@unir.br, fornecendo os dados do autor, da obra avaliada e do semestre/ano em que executaram o trabalho, para conferência da Editora e expedição de documento. A EDUFRO emitirá a declaração por meio digital.

Devido à mudança de editor na EDUFRO, consideramos necessário renovar o cadastro de pareceristas da editora. Pedimos, portanto, que os pareceristas já cadastrados refaçam seu cadastro.

 

Para fazer o cadastro, clique aqui.